RECEBAM NOSSAS ATUALIZAÇÕES.*Obs. Após inscrever-se, acesse seu email,confirme a inscrição

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

18 dezembro 2013

Governo prevê R$ 6 bi novo leilão 4G - 2014 - Amigão TEC

   Um ano e meio após o primeiro leilão de telefonia e internet móvel de quarta geração (4G), o governo espera arrecadar pelo menos o dobro na disputa prevista para 2014.                             Leiam mais




Na licitação da faixa de 2,5 gigahertz (GHz) realizada em junho de 2012, os valores dos lotes arrematados pelas operadoras somaram R$ 2,9 bilhões, mas a expectativa que circula dentro do governo é que a disputa pela frequência de 700 megahertz (MHz) no próximo ano reforce em pelo menos R$ 6 bilhões os cofres do Tesouro Nacional.


A estimativa de receita com esse leilão ainda não consta de documentos oficiais, já que o edital para a concorrência pela frequência ainda está em consulta pública. Mesmo assim, a avaliação de uma importante fonte do governo é de que esse preço poderia ser até mais elevado, embora a quantidade de obrigações que as companhias terão ao arrematar os lotes impeça a cobrança de uma outorga maior. O leilão deve ocorrer no primeiro semestre de 2014.


Pelas contas do governo, o valor real da faixa de 700 MHz deve chegar perto de R$ 20 bilhões. Isso porque essa frequência de 4G tem alcance muito maior do que a leiloada em 2012. Por essa razão, ela necessita de um número bem menor de antenas para oferecer o mesmo serviço que trafega pelo espectro de 2,5 GHz, já em operação em algumas cidades brasileiras.


Exigências. Como o edital trará obrigações de investimentos de cerca de R$ 14 bilhões em outras demandas do governo para o setor de telecomunicações, que não necessariamente têm relação com o 4G, o valor da outorga cairá para R$ 6 bilhões, nos cálculos da fonte.


Essas obrigações incluirão a instalação de infraestrutura de rede de longa distância - os chamados backbones - em todos municípios brasileiros, a cobertura de banda larga móvel nas estradas federais e a antecipação da cobertura do serviço 3G nas cidades menores. Também estão previstos os pagamentos pelos custos de migração de canais de TV analógicos que atualmente ocupam a faixa de 700 MHz e pela adoção de tecnologias para mitigar eventuais interferências na transmissão.


Na avaliação da fonte ouvida pelo Broadcast, serviço em tempo real da Agência Estado, tanto o preço da outorga quanto o custo dos investimentos atrelados ao leilão podem ser absorvidos por empresas do setor. Isso porque a frequência deve ser dividida em quatro lotes nacionais, o que resultaria em outorga de R$ 1,5 bilhão para cada companhia e obrigações de cerca de R$ 3,5 bilhões, a serem executadas em um prazo de até quatro anos.


No leilão da faixa de 2,5 GHZ, o governo também aproveitou para incluir obrigações para as teles. Em troca, aceitou um valor de outorga menor. Na época, as empresas que arremataram as faixas 4G tiveram de se comprometer a oferecer internet banda larga em áreas rurais na faixa de 450 MHz. O governo chegou a tentar vender o espectro, mas nenhuma operadora se interessou. Com isso, quem comprou permissão para operar no 4G ficou obrigado a implantar a modalidade rural.


Cade. Para o governo, as duras restrições impostas pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) ao aumento do capital da espanhola Telefônica na Telco, que detém 22,4% da Telecom Itália, não devem prejudicar o novo leilão de 4G.
No começo do mês, o órgão antitruste determinou a venda de metade da Vivo ou da totalidade da TIM Brasil para autorizar o negócio europeu. Segundo a fonte, mesmo uma empresa que esteja à venda deverá participar da disputa pelos 700 MHz, porque isso alavancaria bastante o valor dos ativos dessa companhia.        Fonte Msn/Estadão


Internet 4G em São Paulo ainda é instável e depende de ''ajuda'' do 3G.

Outra parte do mundo comentário 5G
Huawei é uma empresa multinacional que atua produzindo equipamentos de telecomunicação. A empresa tem sede em Shenzhen, na China, e é a maior companhia do seu setor no país e a segunda maior fornecedora de equipamentos de telefonia móvel do mundo (atrás somente da Sony Ericsson).


Huawei anuncia fabricação de smartphones no Brasil 
Produção será terceirizada junto à Compal Electronics, em Jundiaí (SP).Primeiro aparelho fabricado no país será o Ascend G510, de R$ 700.


Huawei

Rede 5G chega em 2020, cem vezes mais rápida que a 4G.
ler  Huawei Telecomunicações

A Huawei é uma multinacional que atua no setor de fornecimento de redes de telecomunicações. Os serviços da empresa se estendem a 45 grandes operadoras globais e atende a mais de um bilhão de usuários. A Huawei fornece produtos e serviços como: celulares, produtos wireless, produtos de núcleo de rede, produtos de rede, aplicativos e software, serviços 3G, entre outros.


 Lançamentos -  Tech Tudo












































Nenhum comentário:

Seguidores do Amigão Forte Abração

Amigão visualizações, agradecimentos...volte sempre; divulgue e compartilhe